Explore os arredores

Além das cênicas atrações urbanas, Maceió também é ponto de partida para incríveis cenários em passeios bate-e-volta. Das praias mais agitadas, passando por vilas de rendeiras, falésias, dunas e manguezais, os arredores convidam a ir além: navegar pelo Velho Chico, se render ao charme de pousadas camufladas na Mata Atlântica em praias semi-desertas, surfar em algumas das melhores ondas do País, conhecer o quilombo fundado por Zumbi dos Palmares. Confira aqui experiências imperdíveis para celebrar a farta natureza alagoana.

Rota Ecológica (litoral norte)
A 120 km

Foto: Tom Alves

As singelas casas envoltas por coqueirais, pousadas charmosas discretamente camufladas na Mata Atlântica e praias semi-desertas com piscinas naturais quentinhas dão o tom do roteiro que fica a pouco mais de 100 km da capital. Entre a Barra de Santo Antônio e Japaratinga, a Rota Ecológica segue por entre vilas de pescadores, alheias ao zum-zum-zum do mundo, ao sabor da maré que sobe e desce transformando completamente a paisagem. Quando ela recua, é possível fazer longas caminhadas até os recifes imersos em uma paisagem de azul infinito, que integra a segunda maior costa de corais do mundo.

Maragogi
A 125 km

São 20 km de enseadas de areia branquíssima, mar calmo e praticamente transparente e coqueiros ao vento. A atração mais clássica é o passeio de catamarãs até as galés turquesas repletas de peixes coloridos. O destino também oferece mergulhos autônomos e passeios de bugre. Na cidade, há diferentes opções de hospedagem como resorts all inclusive e pousadas mais simples pertinho da praia, mas também é possível fazer um bate-e-volta a partir de Maceió, pois diferentes receptivos oferecem o passeio.

Caminhos do São Francisco
A 240km

Foto: Tom Alves

Se você tem espírito aventureiro e quer mergulhar na cultura tradicional nordestina, não pense duas vezes antes de encarar a rota batizada de Caminhos do São Francisco. Partindo da histórica cidade de Piranhas, a 240 km de Maceió, o roteiro margeia um dos rios mais emblemáticos do País, passa pelos cânions de Xingó e segue até à foz do Velho Chico, em Piaçabuçu entre vilas de rendeiras, comunidades de pescadores e trilhas repletas da história do cangaço. Na verdade, só a cidade de Piranhas já valeria a jornada rumo ao sertão. Muito charmoso, o destino parece um pequeno presépio com igrejinhas no alto dos morros, gastronomia regional e uma deliciosa vida noturna ao ar livre.

Litoral Sul
A 18km

Foto: Tom Alves

Entre os destaques está a famosa Praia do Francês, que guarda uma bela enseada que é margeada por uma reserva natural de restinga. Parte da Praia é protegida por uma barreira de coral que forma piscinas naturais e abriga  ótimos points de mergulho. O lado direito exibe ondas perfeitas para o surfe. Também vale muito a pena o bate-e-volta até a praia do Gunga, que exibe lagoas se misturando ao mar e falésias esculpidas pelo vento. Logo depois, a Barra de São Miguel tem uma ótima estrutura de bares e restaurantes e uma praia de águas muito calmas e claras protegidas por arrecifes.  Mais ao sul do estado está Piaçabuçu, onde fica a foz do Rio São Francisco margeada por 20 quilômetros de dunas douradas. Lá há roteiros de aventura que incluem passeios off road pelas restingas e dunas, visitas a  um quilombo e até parasail, um espécie de paraquedas rebocada pelo bugre sobre o encontro do rio com o mar.

Foto: Tom Alves

SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO

Av. da Paz, 1422 - Centro
Maceió/AL - CEP 57020-440

+55 82 3336 3650
contato@experimentemaceio.com.br

Experimente Maceió. Todos os direitos reservados

SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO

Av. da Paz, 1422 - Centro
Maceió/AL - CEP 57020-440

+55 82 3336 3650
contato@experimentemaceio.com.br

Experimente Maceió. Todos os direitos reservados

Scroll Up